sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Maquinaria

Tema: um livro
Por Taffa

All is Full of Love

Sinopse:
O amor pode acontecer em qualquer lugar. Ainda que num futuro pós-apocalíptico, repleto de guerras entre androides que lutam pelo que restou da Terra. Até mesmo entre as máquinas, providas de inteligência artificial e construídas para serem a supremacia robótica sobre os demais seres. Inclusive entre duas delas, uma capitã do maior exército androide e uma soldado novata que se infiltrou como espiã da Horda. As duas robôs partilharão de um segredo que pode mudar completamente o destino de uma era, lutando por suas sobrevivências e tentando entender algo que julgavam impossível nestes tempos: um sentimento partilhado entre duas criaturas cibernéticas.

Sumário:
Terra, Ano 3016 DC ------------------------------------------------------- 06
Capitã Ninfora BX12 ------------------------------------------------------- 11
A Queda de Aberion ------------------------------------------------------ 19
Circuitos sobre Carne ----------------------------------------------------- 28
Os Exilados ------------------------------------------------------------------ 41
Sem Radar -------------------------------------------------------------------- 64
Das Profundezas de um Ninho Robótico --------------------------- 81
Aberion sob Ataque -------------------------------------------------------  92
Ruínas e Descrença ------------------------------------------------------- 105
A Nova Formação ---------------------------------------------------------- 121
Vic XVII ------------------------------------------------------------------------ 136
Números de Série ---------------------------------------------------------- 152
No Covil ------------------------------------------------------------------------ 161
Laboratórios Esquecidos ------------------------------------------------ 183
Duplicidade ------------------------------------------------------------------- 197
Confronto, Óleo e Maquinaria ------------------------------------------ 218
Misericórdia ------------------------------------------------------------------  221
Nova Terra, Ano 1 ----------------------------------------------------------- 247

Biografia:
Taffarel Brant tem 23 anos e gosta de ficção científica. Também adora seres mitológicos, culturas diferentes e lendas urbanas. Nasceu no interior do interior, mas não puxa o erre quando diz porta. Prefere dias nublados e viveria, sim, num lugar de clima constantemente assim. Maquinaria é o primeiro livro de uma trilogia que conta a história de um futuro dominado pela tecnologia high tech. Entre guerras, grandes exércitos e conspirações, às vezes as máquinas conseguem demonstrar que podem ser tão humanas quanto qualquer um de nós.

38 comentários:

  1. Eu me inspirei num trabalho da cantora Islandesa Björk pra escrever este livro.

    ResponderExcluir
  2. Agora imagina só: duas robôs num futuro pós-apocalíptico descobrindo um amor lésbico entre criaturas que foram programadas para não terem sentimentos.

    Originalidade, a gente vê por aqui.

    ResponderExcluir
  3. MEU DEUS!!!

    Peraí
    vou beber água. fazer xixi. ler de novo e comentar

    ResponderExcluir
  4. Duzentos e quarenta e sete páginas...
    Olha,


    Volto depois



    hauahauahsushsus

    ResponderExcluir
  5. Escritores! Que semana! auto-ajuda, fábula, culinária, auto-biografia e ...ficção.
    Como vocês conseguem ser tão ecléticos e originais!

    ResponderExcluir
  6. Com certeza, a melhor semana do Guaraná.

    ResponderExcluir
  7. Gente! não tô brincando não! Todos foram sensacionais!
    P A R A B É N S !!!

    ResponderExcluir
  8. Concordo com a Helo!!! São todos sensacionais!!!

    Bora buscar editora para vocês publicarem...E tem que ter lançamento numa editora em SP ok?!

    Bjos e bom final de semana para vocês!!!

    ResponderExcluir
  9. Livro de ficção é bom... então a trilogia pode ter uma história de amor robótico lésbico???

    Promete a história...

    ResponderExcluir
  10. Muito mais negócio escrever uma Trilogia.

    E as centenas de fãs esperando o lançamento dos livros posteriores?

    ai que emoção.

    ResponderExcluir
  11. Taffa,eu volto depois de verdade, pra comentar.
    E ó, me convença a gostar de ficção, por favor, seu lyyndo.
    Ficção gay... genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  12. mas taffa, sua biografia tinha que ser mais...cinentífica, gay ou sei lá... ficcional. ficou muito fofinha.
    não combina com o resto.

    ResponderExcluir
  13. amor lésbico entre robôs é fácil, quero ver vocês fazendo meu tcc!!

    rs

    ResponderExcluir
  14. achei uos títulos supercriativos.
    mas não entendi bulhufas.


    e também jamais leria.
    mil perdões.

    ResponderExcluir
  15. A Nova Formação ---------------------------------------------------------- 121


    da banda.

    ResponderExcluir
  16. aí vocÊs percebem que por trás de todos esses maquinários,. ferros, aços e pseudofortaleza reside alguém bem romântico aí hein hein

    ResponderExcluir
  17. e nossa, o livro que menos gostei foi o meu.

    que porcaria.

    mas... pelo menos fui eu quem inventou esse tema.
    beijo pra mim.

    ResponderExcluir
  18. EEEEEEEEEPA HELÔ
    meu livro não é autoajuda

    se fosse, teria sido morta pela minha própria mãe. né mãe.

    ResponderExcluir
  19. e vc deixou 24 comentários pra comentar com o marcador LGBT né

    ResponderExcluir
  20. gente, o livro foge completamente de tudo que eu já escrevi/li na vida.

    por isso quis inventar algo exatamente assim.

    NOVO. DIFERENTE. TCHANÃNÃ

    ResponderExcluir
  21. vcs não querem que eu conte os segredos particulares e íntimos das robôzas ?

    ResponderExcluir
  22. Sim, se alguém fizer um livro autoajuda eu mato. O de Laurinha é autoajuda ao contrário.
    Essa menina.


    Taffa, como vou fazer para te prestigiar se eu não gosto de ficção?
    O que você fará por mim?

    ResponderExcluir
  23. Eu até poderia começar a querer gostar, mas né? esse tanto de página não me atraiu.

    Agora, os títulos dos capítulos, apesar deu não entender a maioria eu achei instigante.

    O seu livro tem muita gravura??? Diz que sim, diz que sim... hehehe

    ResponderExcluir
  24. Trilogia... genteeeeee!!!
    quanta pretensão.

    Agora me diz o que a biografia tem a ver com o livro? Né, a Laurinha viajou.

    A Marina tá no xixi até agora?

    ResponderExcluir
  25. Eu nunca conseguiria escrever um desses, gente!

    ResponderExcluir
  26. Agora, ler eu consigo sim!

    Ainda mais que, se eu não entender alguma coisa assim, digamos... técnica, é só ligar pro autor que ele me ajuda.

    Né, Brant???

    ResponderExcluir
  27. bouuua, eu te prestigio todos os dias, te adouuuro!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi